TRATAMENTOS



Clareamento Dentário

Existem diversos tipos de clareamento dental no mercado. Antes de apostar em qualquer um, esclareça as dúvidas e garanta dentes brancos [...]

Clareamento Dentário

Existem diversos tipos de clareamento dental no mercado. Antes de apostar em qualquer um, esclareça as dúvidas e garanta dentes brancos por muito mais tempo.

Há, basicamente, duas formas possíveis de clarear os dentes: o clareamento por meio de luzes (Halógena, LED ou Laser) e o clareamento dental caseiro. Os resultados de ambos os métodos são semelhantes, o que varia é a duração dos procedimentos. O tratamento com luz é bem mais rápido por utilizar um gel clareador bem mais concentrado que o gel utilizado no clareamento caseiro. Enquanto os ativados por luz proporcionam resultado imediato, o tratamento caseiro leva em média três semanas.

No consultório, um gel clareador é aplicado nos dentes, sem que haja contato com os lábios e gengivas. Depois, um feixe de luz é aplicado para ativar o produto e acelerar o processo de branqueamento. Em casa, um gel mais fraco é colocado em uma moldeira de silicone e o paciente utiliza durante 3 horas, ou pode utilizar para dormir.

O resultado dos tratamentos tem duração média de dois anos, desde que o paciente tome os devidos cuidados: diminuir a ingestão de alimentos pigmentados, como refrigerantes, café, açaí, molhos de tomate e chocolates. Além, é claro, de visitar o dentista a cada seis meses e escovar os dentes depois de cada refeição.

As grandes vantagens do tratamento estético são: aumento da autoestima e conquista de autoconfiança. Por outro lado, o paciente deve estar ciente que ambos os métodos podem promover sensibilidade dentária temporária, principalmente nos tratamentos ativados por luz. Como prevenção, a dica é usar creme dental para sensibilidade antes do procedimento. Além disso, pessoas com restaurações nos dentes da frente deverão, provavelmente, trocá-las após o procedimento.

O clareamento dental é indicado para pessoas acima de 16 anos e não garante resultados iguais para todos os pacientes. Não é recomendado para tratar manchas acinzentadas ou de cor marrom forte, que podem ter sido ocasionadas pelo uso do antibiótico tetraciclina na infância, ou por tratamentos de canal. Nesses casos, facetas ou coroas de porcelanas estão mais indicadas.

Marque uma avaliação com um de nossos dentistas clínicos para ver qual é a melhor opção para o seu caso. 

Clínica Geral

A clínica geral é a especialidade odontológica que envolve a prevenção, diagnóstico e tratamento d[...]

Clínica Geral

clínica geral é a especialidade odontológica que envolve a prevenção, diagnóstico e tratamento de uma ampla variedade de doenças e desordens dos dentes e gengivas. A clínica geral tem como meta a odontologia preventiva, já que os exames regulares e manutenção da saúde bucal podem impedir o desenvolvimento de sérios problemas dentários que exigem onerosos tratamentos.

O profissional da clínica geral (chamado de clínico geral) presta serviços relacionados à conservação da higiene oral e saúde dentária. O clínico geral atende seus pacientes através do diagnóstico, planejamento e execução do seu tratamento com os melhores recursos que a odontologia moderna pode lhe oferecer, inclusive com o apoio dos dentistas especialistas, quando necessário.

Dentística Restauradora Estética

A Dentística Restauradora é a área da odontologia que trata das alterações dos dentes e tecidos circunvizinhos, ou [...]

Dentística Restauradora Estética

A Dentística Restauradora é a área da odontologia que trata das alterações dos dentes e tecidos circunvizinhos, ou seja, trata da doença cárie, suas repercussões sobre a estrutura dental e alterações de forma – textura e cor dos dentes, devolvendo ao paciente à saúde, e aos dentes a estética, função e anatomia.

Atualmente, está sendo usado, como material de restauração, a resina que possui a capacidade de devolver a estética e função com perfeição, deixando a restauração invisível. Este tipo de material deve ser escolhido para utilização nos dentes da frente e pode ser usado nos dentes de trás.

Endodontia (Tratamento de canal)

É um tratamento para reparar e salvar dentes muito danificados ou infectados. O procedimento envolve a remoção da área dan[...]

Endodontia (Tratamento de canal)

É um tratamento para reparar e salvar dentes muito danificados ou infectados. O procedimento envolve a remoção da área danificada do dente (a polpa), limpeza e desinfecção e, em seguida, o preenchimento e selamento. As causas comuns que afetam a polpa são dentes trincados, cárie profunda ou tratamento dental repetido na raiz ou trauma. 

Facetas de Porcelana

Diz-se que os dentes, junto com o rosto, são o “cartão de visitas” de uma pessoa. Os dois são realmente importantes. [...]

Facetas de Porcelana

Diz-se que os dentes, junto com o rosto, são o “cartão de visitas” de uma pessoa. Os dois são realmente importantes. E ganham cada vez mais importância no mundo atual, quando os homens e as mulheres aumentam os cuidados com a beleza corporal, incluindo os dentes. Estes, aliás, ao longo da vida, em decorrência de cáries, restaurações, desgastes naturais e traumas, vão escurecendo e mudando de tamanho e forma. Grande parte das pessoas vê como naturais tais alterações e leva a vida adiante. Uma outra parte, contudo, se incomoda muito, se sente diminuída e até apresenta problemas de autoestima. Mas hoje já podem superá-los com tratamentos cosméticos como o clareamento e/ou as facetas.

A faceta foi criada e aperfeiçoada ao longo das última décadas. Trata-se de uma lâmina de 1 a 1,2 milímetros que, colada com "cimento" resinoso na parte da frente dos dentes, permite corrigir sua coloração, sua forma, posição, tamanho e até padronizar o espaço entre eles. As facetas destinam-se a adultos, não a crianças e adolescentes, cujos dentes ainda estão em desenvolvimento.

Há facetas de resina e de porcelana. Cada uma tem indicações específicas de uso. As de porcelana tem a vantagem de apresentar brilho e polimento muito semelhantes aos dentes naturais e resistência ao manchamento por bebidas, alimentos e cigarro, além de se desgastarem menos do que as de resina. Adultos que tem dentes escurecidos e sofrem com isso devem consultar um especialista em prótese dentária. O diagnóstico consiste em examinar e radiografar os dentes do paciente para saber se estão aptos ao tratamento. A colocação de facetas, vale destacar, é a última etapa de um tratamento dental. Não se faz isso com dentes que apresentam problemas e/ou doenças.

As facetas são indicadas para os dentes anteriores. Não se deve colocá-las nos posteriores, que são os mais sobrecarregados pela mastigação e elas se quebrariam. No caso deles, pode-se chegar à coloração das facetas por meio de clareamento ou pela colocação de coroas de porcelana.

De modo simplificado, as facetas são feitas assim: o dentista tira um molde dos dentes do paciente e manda à um laboratório protético. Este projeta o que o especialista solicitou e lhe envia um modelo com provisórios de resina ou de outro material para um teste no paciente e mostra como irá ficar a estética. O dentista faz o preparo dos dentes com desgaste de 0,5 a 1 milímetro e cola as facetas provisórias. O modelo de dentes é enviado ao laboratório, que confecciona as facetas de porcelana e devolve ao dentista, em cerca de uma semana, para que as instale com o cimento. Se o paciente cuida bem da higiene bucal, as facetas não aumentam o risco de cáries, nem de infecções e outros problemas.

Um novidade nessa área são as " lentes de contato", mais finas e que não requerem desgastes dos dentes para a colocação. Mas as indicações delas são mais limitadas.

Implantes Dentários

Os implantes dentários são a opção ideal para quem deseja repor alguns, ou mesmo todos os dentes. Sua grande vantagem sob[...]

Implantes Dentários

Os implantes dentários são a opção ideal para quem deseja repor alguns, ou mesmo todos os dentes.
Sua grande vantagem sobre as próteses fixas convencionais é que neste caso não há necessidade de desgastar dentes sadios para suportar a prótese.
No caso de próteses totais ou removíveis, a grande vantagem é a fixação total da prótese, que é parafusada ou cimentada aos implantes.
A cirurgia é feita através da colocação de pinos de titânio, que substituirão as raízes dos dentes perdidos. A técnica de implante dentário apresenta ótimos resultados estéticos e mastigatórios.
Pesquisas indicam que mais de 500 mil implantes dentários são realizados no mundo anualmente, e que as taxas de sucesso são de aproximadamente 95 à 98%.
Para os pacientes que possuem boa quantidade óssea, atualmente já é possível a realização de implante dentário com carga imediata. Nestes casos o implante é colocado, e a prótese provisória pode ser instalada imediatamente.
Nos casos de qualidade óssea insuficiente, é necessário aguardar aproximadamente 4 meses para osseointegração, antes de colocar-se cargas nos implantes.
Nos casos onde o osso está extremamente atrofiado, em pouquíssima quantidade, podemos lançar mão dos enxertos ósseos. Há diversos tipos de enxertos. São chamados autógenos quando o doador é a própria pessoa (podem ser removidos dos maxilares, quadril, etc). Enxertos heterógenos são removidos de doadores humanos(banco de ossos), e os enxertos xenógenos são removidos de animais, normalmente bovinos. Ainda existem os materiais aloplásticos (sintéticos). A indicação por um ou outro tipo depende do caso e da opção do paciente.
Hoje em dia os implantes dentários de titânio são a melhor opção para a reposição de dentes, seja em casos com boa quantidade óssea, ou em casos com falta de osso. Estas modernas técnicas podem devolver o sorriso, a mastigação forte e segura, e a auto estima do paciente.

Laserterapia

Para que serve a terapia laser?  A terapia laser é aplicada nos consultórios odontológicos e traz grande melhora nos quad[...]

Laserterapia

Para que serve a terapia laser?

 A terapia laser é aplicada nos consultórios odontológicos e traz grande melhora nos quadros inflamatórios e de lesões bucais.

O tratamento é indicado nos seguintes casos:

  • Herpes Labial: O laser vai atuar de forma bastante eficaz, fazendo que após a sua aplicação ocorra diminuição do desconforto e dor na hora. Além disso, o Laser vai biomodular a região, isto é, vai fazer com que o local fique mais resistente, (as células do nosso organismo ficam mais fortes e resistentes ao vírus) e a reincidência diminuirá acentuadamente. É comum o paciente chegar ao consultório para aplicação do Laser, e já estar usando uma pomada ou tomando um comprimido para o Herpes. Infelizmente, esses comprimidos ou pomadas, têm o mecanismo de ação somente no DNA do Vírus, diminuindo somente o tempo de exposição da lesão, não atuando diretamente no fortalecimento da imunidade da região, apesar de não ter problema do seu uso concomitante com o laser.  

É interessante que o laser seja aplicado na fase inicial da lesão, pois é nesse momento que sua eficácia é maior contra o Vírus. Mesmo assim o laser poderá ser aplicado em outras fases melhorando principalmente a qualidade cicatricial da região afetada para que ela não fique marcada.  

  • Alívio da dor: promove o alívio de dores de diversas etiologias, incluindo hipersensibilidade dentinária, dores de origem pulpar (canal), dores nevrálgicas, dores em tecido mole, mialgias, dores de pós operatório, entre outras aplicações. 
  • Reparação tecidual - A fotobioestimulação por laser tem sido empregada de maneira bastante eficaz em tratamentos de condições de necrose pulpar, após tratamento endodôntico do elemento dental acometido, bem como nos casos de lesões traumática, viróticas ou no pós-operatório, promovendo uma reparação tecidual mais rápida e com padrão de qualidade tecidual superior.
  • Redução de edema e de hiperemia (efeito antiinflamatório, antiedematoso e normalizador circulatório): Indicado na aplicação pós operatório de procedimentos no campo da periodontia, cirurgia oral menor, principalmente se esta for traumatizante e complicada.

Outras indicações clínicas:

  • Síndrome de dor e disfunção da A.T.M. (articulação da Mandíbula) 
  • Herpes simples(Herpes Labial)-Excelentes resultados* 
  • Herpes zoster 
  • Hipersensibilidade dentinária ou sensibilidade dental 
  • Afta

Odontologia para Executivos

Você que não tem muito tempo para ir ao dentista realizar seu tratamento, pode optar pelo Day Clinic. O que é o Day Clinic??? [...]

Odontologia para Executivos

Você que não tem muito tempo para ir ao dentista realizar seu tratamento, pode optar pelo Day Clinic.

O que é o Day Clinic???

Após uma avaliação detalhada, realizada por um dos nossos profissionais, será reaiizado um planejamento. Dependendo do seu caso, você poderá reservar um turno ou um dia para fazer todo o seu tratamento. 

Informe-se conosco. Marque uma avaliação com Dr Felipe ou Dra Caroline que irão lhe explicar melhor como funciona.

contato@centroodontologicocanoas.com.br

Odontologia para Melhor Idade

O envelhecimento populacional traz um número enorme de implicações como as mudanças fisiológicas, as doenças[...]

Odontologia para Melhor Idade

O envelhecimento populacional traz um número enorme de implicações como as mudanças fisiológicas, as doenças sistêmicas, as deficiências físicas e mentais, dentre outras. Mas a Odontogeriatria é uma ciência fundamental não somente no tratamento curativo, restaurador, como no que se refere à medidas preventivas.

Odontologia Preventiva

A Odontologia Tradicional sempre preocupou-se com o tratamento da doença bucal já estabelecida - procura-se um dentista quando algo incomoda: dor, p[...]

Odontologia Preventiva

A Odontologia Tradicional sempre preocupou-se com o tratamento da doença bucal já estabelecida - procura-se um dentista quando algo incomoda: dor, prótese que se soltou, dente quebrado, etc. É por isso que a imagem da visita ao dentista - via de regra- está associada ao incômodo e ao sofrimento. Atualmente, na Odontologia Moderna, o foco principal está na prevenção, evitando-se os estágios avançados das enfermidades bucais, a dor e os altos custos de tratamento. O Objetivo principal é a manutenção da Saúde Bucal. Que tipo de Odontologia você quer para você e sua família - a tradiocional ou a moderna??? Faça revisões periódicas, para evitar problemas maiores. Uma visita a cada 6 meses no dentista é suficiente para se manter sempre saudável.

Ortodontia Estética (aparelhos invisíveis)

Periodontia (Tratamento para doenças de gengiva)

A periodontia faz a prevenção e o tratamento das doenças gengivais e periodontais. A doença periodontal é uma patol[...]

Periodontia (Tratamento para doenças de gengiva)

A periodontia faz a prevenção e o tratamento das doenças gengivais e periodontais. A doença periodontal é uma patologia inflamatória de origem bacteriana que afeta a gengiva, ossos e ligamentos periodontais, isto é, as fibras que fazem à ligação da raiz dentária com o osso.

Sua evolução leva a perda óssea com conseqüente perda dos dentes. O agente causador da doença periodontal é a placa bacteriana que adere a superfície do dente, mas há casos em que são associados à má oclusão, fatores hormonais, próteses mal adaptadas, aparelhos de correção ortodôntica ou uso de medicamentos.

Prótese Dentária

Muitas pessoas tem dúvidas quanto aos tipos de prótese dentária existentes atualmente. A utilização das pró[...]

Prótese Dentária

Muitas pessoas tem dúvidas quanto aos tipos de prótese dentária existentes atualmente.
A utilização das próteses acontece quando você perde um ou mais dentes ou até quando resta somente a raíz do mesmo. A perda de dentes é uma situação muito desagradável pois pode causar a movimentação dos dentes adjacentes, reabsorção óssea e vários outros problemas.
As próteses dentárias servem para reestabelecer a função mastigatória, fonética e estética das pessoas. Os tipos de prótese dentária são:

  • Prótese Total ou Dentadura
    Prótese total é aquela que só é utilizada caso o paciente não possua mais nenhum dente em boca. Os dentes da prótese são feitos em acrílico e existem diversas cores, formatos e tamanhos que o cirurgião dentista escolhe conforme referências passadas pelo paciente.
    A prótese total ainda faz parte da rotina de trabalhos do cirurgião dentista. Muitos brasileiros são desdentados totais e por não terem condições de realizarem uma prótese dentária com auxílio de implantes acabam optando pela mesma.
    Existem vários fatores que são decisívos para que a prótese total tenha sucesso. A técnica de confecção, condição dos rebordos remanescentes e habilidade do profissional. O passo-a-passo na confecção da prótese total é fundamental tanto da parte do dentista como do técnico no laboratório de prótese.
  • Prótese Parcial Removível (PPR)
    A prótese parcial removível é aquela que é utilizada caso o paciente ainda possua um certo número de dentes em boca. As principais vantagens são a relação custo-benefício, reduzido desgaste em dentes íntegros e fácil manutenção. Ela funciona com grampos, apoios, conectores e selas que tem desenhos e formatos específicos para cada caso.
    Conforme a disposição dos dentes em boca existe uma classificação específica que determina o desenho que a prótese parcial removível terá. A liga metálica mais utilizada nestes tipos de prótese são as de cobalto-cromo (Co-Cr).
  • Próteses Fixas (conhecidas também como coroas ou pontes)
    Este tipo de prótese pode ser unitária quando ocorre um processo de cárie muito destrutivo ao dente ocasionando a inutilização da coroa. O dentista é obrigado a realizar o tratamento endodôntico (tratamento de canal) e utilizar um pino intraradicular para depois cimentar a prótese unitária.

Existe a prótese unitária que não necessita do tratamento de canal. Casos em que o paciente possui muitas restaurações em um dente que acaba ficando estéticamente feio pode ser desgastado e feito uma coroa totalmente nova com um material cerâmico.
A prótese parcial fixa utiliza dentes pilares. Quando você perde um ou mais dentes completamente, os dentes ao lado que sobraram são desgastados e irão servir para sustentar os que você perdeu.

  • Prótese sobre Implantes Dentários
    As próteses sobre implantes seguem praticamente a mesma idéia das próteses fixas. A única diferença é que você não tem raiz e sim um implante. A prótese total também pode ser utilizada fixada com implantes.

Tratamento de ronco e apnéia do sono

Os tratamentos buscam: alívio de sintomas, redução da morbidade (relação entre o número de pessoas sã[...]

Tratamento de ronco e apnéia do sono

Os tratamentos buscam: alívio de sintomas, redução da morbidade (relação entre o número de pessoas sãs e o de doentes), redução da mortalidade e melhora da qualidade de vida do paciente.

Os tratamentos são indicados de acordo com o diagnóstico realizado após consulta médica, odontológica e exames complementares (polissonografia, RX e video-nasofibrolaringoscopia quando necessário).      

Tratamento para Bruxismo

Não se conhece, ainda, um tratamento eficaz para curar o bruxismo. Medicamentos ansiolíticos são úteis para o controle dos[...]

Tratamento para Bruxismo

Não se conhece, ainda, um tratamento eficaz para curar o bruxismo. Medicamentos ansiolíticos são úteis para o controle dos quadros de estresse e ansiedade que podem estar associados, mas não são a causa do distúrbio que, aliás, não está suficientemente esclarecida.
Os recursos mais indicados para o tratamento, porém, são as placas interoclusais rígidas de acrílico, moldadas segundo o formato da arcada dentária do paciente. Elas ajudam a restringir os movimentos dos músculos mastigatórios e a reduzir o atrito que provoca o desgaste e o abalo dos dentes.
Recomendações:

  • Consulte o dentista com regularidade;
  • Evite apertar os dentes, quando estiver empenhado em uma tarefa ou situação mais complicada;
  • Procure não mascar chicletes ou mordiscar sistematicamente objetos duros, como pontas de lápis e canetas, por exemplo;
  • Faça exercícios. A prática regular de atividade física ajuda a controlar o estresse e as crises de ansiedade que podem favorecer o apertar dos dentes;
  • Não se esqueça de colocar a placa interoclusal antes de dormir. Se o problema se manifestar também de dia, use-a sempre que possível.